Edições Anteriores

 ➞ Veja a programação completa da SACT 2020
 ➞ Veja a programação completa da SACT 2019

 ➞ Veja a programação completa da SACT 2018

 

SACT 2018

Abertura Solene SACT | Teatro SESC Santo André

Este slideshow necessita de JavaScript.

ARTE ELETRÔNICA INDÍGENA

Arte Eletrônica Indígena (aei.art.br) é um projeto artístico de construção colaborativa entre indígenas de diversas etnias com artistas de reconhecida experiência no uso inventivo das tecnologias digitais.

Participação: Maria Pankararu, linguista e primeira doutora indígena do Brasil; Atiá Pankararu, Pajé, líder espiritual e professor de cultura e arte; Tawanã Kariri-Xocó, líder espiritual, cantor, dançarino e artesão; Sebastian Gerlic, empreendedor sociocultural e comunicador audivisual; e Mariana Guerra Ferreira, comunicadora social e ativista).

 


EXPERIMENTANDO O MUNDO NANOSCÓPICO ATRAVÉS DA REALIDADE VIRTUAL

Combinando realidade virtual e simulações moleculares, foram realizadas experiências imersivas de materiais em escala nanométrica. Essas experiências perceptivas são baseadas em pesquisas em ciência de materiais desenvolvidas no Instituto de Física da USP. Nanoworlds, para explorar os materiais em escala molecular, e Nanoflows, para interagir com interfaces fluído-fluído e sólido-fluído em nanofluídica. 

MESAS DA SACT 2018

Experiências de enfrentamento do machismo na área tecnológica

Participantes: Coletiva Mulheres na UFABC; Cláudia Ribeiro (Codegirl) e Coletiva Hacker MariaLab.

Compartilhamento de experiências e relatos de combate ao machismo, especialmente na área acadêmica e profissional da tecnologia.

Pesquisas e ações tecnológicas desenvolvidas por mulheres

Participantes: Cláudia Ribeiro (Code Girl); Coletiva Hacker MariaLab; e Mirtha Fernandes (UFABC).

Apresentação de pesquisas e atividades desenvolvidas na área de programação e tecnologia.

Roda de conversa sobre Cultura Maker

Do-It-Yourself ou Faça Você Mesmo! Esse é o termo que resume o princípio de uma cultura que vem tomando as escolas e modificando o conceito de trabalho: todes são capazes de construir, modificar e prototipar! Seja com atividades simples de robótica com arduínos ou em projetos mais complexos como dispositivos conectados às cidades inteligentes, é inegável que os ambientes makers acrescentam valor às experiências.

Plataforma Mapas Culturais

Com co-organização do LabLivre UFABC, os participantes Miguel de Castro (Secretaria da Cultura da Prefeitura de Santo André), Asafe Ramos (UFG), Rodrigo Guimarães (UFRJ), André Filipe de Assunção e Brito (Lablivre) e Pedro Philipe Alves de Oliveira (Responsável pela implantação de plataformas Salic, Salic API, VerSalic, Mapas Culturais, Cultura Viva, Sistema Nacional de Cultura) falam sobre a Plataforma Mapas Culturais, do Ministério da Cultura.


Desfile de vestimentas tecnológicas

Como serão nossas roupas no futuro? Acreditamos que as roupas no futuro serão inteligentes, deverão se integrar ao nosso corpo e interagir com o ambiente a nossa volta, além de sinalizarem visualmente aspectos do usuári, e nos auxiliar nas tarefas do dia-a-dia com partes cibernéticas, como reforços de coluna vertebral, braços extras e outros apetrechos até então pertencentes aos ciborgues da ficção científica.

Oficina Introdução à gambiologia

Ministrante: Fred Paulino (Coletivo Gambiologia)

Oficina de introdução à construção de protótipos com eletrônica e microcontrolador arduíno. Cada participante construirá seu próprio jogo de memória eletrônico, similar ao Genius, muito popular na década de 1980. O jogo reproduz uma sequência de cores que aumenta a cada rodada e que dee ser memorizada e repetida por quem joga. Os artefatos serão montados em latas e embalagens recicladas em que serão instalados botões, LED’s e aviso sonoro.

 

SACT 2019

 

Este slideshow necessita de JavaScript.